Achei que esse dia não chegaria… Queria acreditar que não perderia mais um companheiro. Mas infelizmente, em um mês, perdi dois peludos amados, que fizeram parte da minha vida por muitos anos…O Geléia estava com problemas nos rins, assim como o Chantilly. Fizemos de tudo que estava ao nosso alcance, mas ele não resistiu…

Geléia

Não sei se já contei para vocês, mas resgatei o Geléia quando eu tinha apenas 13 anos. Encontrei ele na varanda de uma casa, no litoral norte de São Paulo. Estava ele e mais três irmãos. Resgatei todos, trouxe eles para a minha casa e ficamos com o Geléia e doamos os outros filhotes. Quem diria, o primeiro resgate de muitos…

Geléia Filhote Não sei muito o que dizer, mas queria dividir essa dor com vocês. Estou triste, muito triste… Acredito que todas vocês que tem animais em casa gostariam, assim como eu, que eles fossem eternos, mas cada um tem uma missão aqui na Terra. Como uma amiga muito querida me disse: A missão do Chanty e do Geléia foi breve, mas Deus deu esse tempo para eles serem felizes e fazerem a gente feliz!

Mais um anjo que passou na minha vida, anjo especial, doce, meigo e que adorava dar abraços… Ele vai fazer muita falta!

G.Plus Facebook

• Faça um Comentario no Facebook deste assunto •

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

18 Comentário:Geléia | Uma estrela no céu…

  1. Renata

    Oi Bru. Tb não sei o que dizer para aliviar sua dor… ainda mais neste momento próximo ao seu casamento que tudo o que gostaríamos é que você estivesse 100% feliz.
    O que posso dizer é o mesmo de quando vocês perderam o Chantilly, gostaria de poder te dar um forte abraço, mas não é possível, então, divida conosco sua dor e esteja certa de que compartilhamos dela, mesmo à distância.
    Sinto muito, muito… embora eu nunca tenha perdido um peludo e o meu pequeno esteja com 16 anos… não consigo mensurar essa dor, deve ser, certamente, um pedaço de nós que vai com eles.
    Tente ficar bem.
    Beijos.

  2. Me and the City - NYC

    Poxa, Bru! Que triste. Mas tenho certza que o Geléia teve uma vida muito feliz ao seu lado. Fique bem. Beijo.

  3. Mari

    :(,

    sinto muito pela sua perda… imagino como é dificil perder um “animalzinho”, tenho 3 cachorros: Chiwa, Floquinho, Snoopy, 2 shih tzu e 1 poodle, qdo estao com algum probleminha, corro no veterinario, sofro junto com eles… é a alegria da casa…

    fique com Deus… bjs!!

  4. Mariana

    Faço idéia a tristeza que sente por isso… Só quem tem, teve e ama esses bichinhos é que sabe! Parece que nada faz essa dor passar… Mas pense que fez o que pôde e deu a ele muito amor e uma vida digna. Isso é o que vale!!

  5. Erika

    Já perdi parentes, já perdi amigos, já perdi relacionamentos, mas essa é a pior dor q a gente pode sentir. É igual à dor de perder um filho saído do nosso ventre. Eu já passei exatamente por isso, perdi dois dos meus filhinhos em 15 dias. Tive dificuldade em me recuperar. Andava no piloto automático, o nariz vermelho, sem nada p me alegrar. Mas, com o tempo, a dor se transforma numa saudade gostosa e, hoje, de vez em quando, boto um sorriso no rosto, só de lembrar daquelas coisinhas maravilhosas q fizeram parte da minha vida.
    Só um conselho: não pense nos últimos momentos deles, pense nos anos e anos de felicidade, nas trelas, nas coisas boas. Afinal, foram muitos momentos bons, p vc substituir por momentos sofridos. Conforta. Q Deus lhe amenize a dor. Sinta-se abraçada. Bj, Erika

  6. Eleonora Rosset

    Bruna querida,
    Como vc, fico sp mt triste qdo um bichinho meu morre… Mas todos temos essa passagem em nossas vidas.
    O que me consola é pensar que tiveram uma boa vida e alguém a quem amar!
    Tenho a certeza de que esse seu amor pelos animais faz de vc uma pessoa especial. Vc vai fazer a diferença na vida de mts deles ainda!
    Bjs

  7. Scheyla

    Poxa, que pena… como dói qdo esses queridos vão embora, imagino a dor que vc está sentindo… … acho q até comentei aqui já, ano passado perdi 3 anjinhos de quatro patas, e fiquei igual a Erika comentou, no automático, sem vontade nem de voltar pra casa depois de sair pq sabia que não encontraria eles me dando boas vindas… só o tempo mesmo pra fazer com que essa tristeza de agora se transforme naquela saudade de lembrar dos tempos felizes sem chorar. Fique bem! bjus

  8. Thais

    Agora ele está no céu dos animais, lindo, feliz e sem nenhuma dor… E Deus não nos une para separar, um vive no pensamento do outro.
    Vc será uma noiva muito iluminada, se vc está feliz, ele está feliz tb. Beijos

  9. Ana Paula

    Bru, que tristeza. Comentei no post do Chantilly que também perdi um gato há poucos meses com apenas cinco anos e foi muito mas muito triste mesmo. Muito difícil passar por isso. Eu fiquei arrasada, a dor é muito grande, fica um buraco dentro da gente e parece que não vai passar, mas o tempo ajuda a cicatrizar as feridas! Um forte abraço para vc nesse momento tão difícil.

  10. Carla Antoni | Um Doce Dia

    Sei muito bem que sentimento é esse, já perdi alguns bichinhos que tive e a tristeza parece sem fim.

    :’*

  11. Maria S Costa Gomes

    Oi Bru querida.
    Sei o quanto você está triste com tudo isso. Mas tenha alegria e paz no seu coração, afinal seu casamento está chegando. Os seus amiguinhos Chanty e Geléia são agora espíritos animais de muita luz e que estão vibrando por você de um modo muito afetuoso.
    Que Deus abençoe você sempre por tudo de bom que você faz pelos animais.
    Beijos.

  12. Solange

    Bru, sei o que você está sentindo perdi minha gatinha Nina a poucos dias, estou sem chão choro todos os dias a saudade é grande!!! que falta ela está me fazendo, ela morreu de leucemia e estava com anemia profunda ficou internada vários dias mais não registiu. Anjinhos de deus
    Fica com deus.
    Bjos!!

  13. Vi

    Sinto muito, Bruna!

    Quando perdi meu poddle, uma amiga que ama muito animais (sempre teve cachorros) me disse algo que nunca esqueci “Nós que amamos animais precisamos saber perdê-los, porque eles têm a vidinha mais curta que a gente. Se queremos toda a alegria e tudo de bom que eles trazem, precisamos saber perder.”

    Não deixei de sofrer, mas foi mais fácil pensar em tudo de bom que tínhamos vivido juntos.

    Um beijo

  14. Andressa

    bruna…coloquei uma lista de empresas que fazem teste em animais no meu blog, achei interessante saber
    http://www.andressaaguiar.com.br

  15. Janaina Oliveira

    Sei bem como é isso. E uma tristeza que parece não passar nunca. Mas passa! E a saudade fica. O que a gente pode fazer tem que ser feito em vida, pra qdo essas coisas acontecerem, a gente ter a certeza de que deu uma boa vida a nossos bichos …… Geléia esta na ponte do fim do arco-iris <3

  16. Natally

    Bru, eu entendo essa sua dor. Eu acabo de voltar para o Brasil, cheguei de um intercâmbio onde tudo foi maravilhoso. Estava contando os dias pra minha volta e rever meus peludinhos quando meu noivo em meio a um grande dilema, mas impulsionado pelo risco de eu tomar conhecimento do ocorrido da pior forma (facebook por ex) resolveu me falar: meu Bubu, um pit bull de 9 anos havia acabado de falecer. E pior foi a forma, ele caiu na piscina da minha casa, não havia ninguém e ele morreu afogado. Bru, eu não sabia o que fazer, só chorava, foi horrível. Saber o sofrimento que ele deve ter passado me fazia vomitar. O que conforta é a fé em Deus e essa certeza como você tem com a sua geléia, de que agora ele é um anjo do céu. Que Deus proteja nossos animais. Um beijo.

  17. Carol Nogueira

    Oi Bru,

    Acabei de perder o cachorrinho da minha tia, que por sinal era amigo de toda família. Ele foi atropelado a duas semanas quebrou a bacia e fizemos de td pra ele se recuperar ele chegar a fazer uma cirurgia, mas não resistiu, faleceu hj.
    Não sei nem explicar o tamanho da dor =/

    Beijinhos ;*

    Carol

  18. Viviane F

    Oi Bruna, sei bem o que vc passou. Vc perdeu dois grandes companheiros em um mês, é uma dor imensa. Eu perdi a princesa em 28 de Março de 2014 e o Kiko (que desapareceu de casa) em 16 de Agosto de 2014. Ele era acostumado sair e voltar, era terrível para fazer uma bagunça, mas era o meu menino. Eu sei que ele se foi, por que se não teria voltado pra casa. Procurei ele na cidade toda, cartazes, comunicado em rádio… Face, mas infelizmente nunca mais tive noticias. É uma dor insuportável perder esses bichinhos. Mas espero que ele esteja ao lado daquela ponte no céu e que um dia eu encontre todos eles.
    Grande abraço.

• Assuntos Relacionados •