Seu cão tem manias estranhas como correr atrás da própria sombra, lamber as patas sem parar, correr atrás do rabo, se morder, latir excessivamente por qualquer coisa ou ficar andando de um lado para o outro ou em círculos? Se você presencia algum desses sintomas com seu peludo, cuidado!! Ele pode sofrer de um problema grave de compulsividade.

Mas por que isso acontece?

Uma de minhas clientes me ligou dizendo que sua cadelinha não parava de perseguir sua própria sombra, fui então a casa dela para uma consulta comportamental. Durante a consulta, notei alguns pontos importantes:

Muita ansiedade por parte do dono e do cão; Falta de tempo da dona para passear e fazer atividades com a peludinha, o que a deixaria mais tranquila e equilibrada e outra coisa que me chamou ainda mais atenção: Atitudes dos donos que alimentavam o comportamento compulsivo do cão, como “treiná-lo” a ficar perseguindo um ponto de laser na parede por exemplo.

Essa brincadeira pode parecer inofensiva em um primeiro momento, mas tornou essa cadelinha totalmente dependente dessa atividade, fazendo com que ela perdesse o foco em qualquer outra coisa.

Aliado a falta de atividades físicas como passeios e brincadeiras, como jogar bolinha por exemplo e o fato de ficar muito tempo sozinha, a peludinha foi ficando cada vez mais determinada em conseguir pegar esse ponto de luz, mesmo quando os donos nem estavam utilizando o laser. Após isso, passou a perseguir a própria sombra projetada na parede ou no chão.

Corrigir esse problema não é tarefa fácil. Foi preciso muito treinamento e algumas mudanças de hábitos dos donos. Nesse caso, o trabalho em conjunto treinador e dono do cão é fundamental para a cura ou alívio dos sintomas!

O mais importante para evitarmos esse tipo de problema é entendermos que todo animal precisa de atividade física, mental e exercícios diferenciados para que ele não tenha comportamentos repetitivos e fique entediado.

Não se esqueça também que, um ambiente saudável é extremamente importante para que seu peludo fique feliz e tranquilo.

Caso seu bichinho de estimação esteja com um caso semelhante, entre em contato!

por Thiago Sanchez

lamber-a-pata

Tags: , , , ,
G.Plus Facebook

• Faça um Comentario no Facebook deste assunto •

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

18 Comentário:Peludos e suas manias compulsivas

  1. Vicky

    Nossa a minha nao para de lamber a pata! E ela sai todos os dias, jogo bolinha para ela o tempo todo! O que será que pode ser?
    Obrigada
    Victoria

    • Bru Pacífico

      Oi Vicky,
      Pode ser também alergia… Vou pedir ara a Dra. Andrea fazer um post sobre quais doenças podem causar isso.
      Beijos
      Bru

  2. Renata

    Nossa! Sei que nada a ver com o intuito do post, mas lamentável uma pessoa que faz esse tipo de “treinamento” com seu cão.
    Thiago, você chegou a indicar uma terapeuta pra ansiedade dessa sua Cliente? Ou, então, peça pra ela olhar profundamente para o laser que é ótimo pra gente que não tem o que fazer e fica judiando dos bichinhos. Brincadeira boba.

  3. Luana COSTA

    O meu lambia a pate até ficar vermelho, de um tempo pra cá ele estava começando a comer a própria pata! hj ele esta em tratamento e caminho com ele 2 vezes ao dia!

  4. Cássia

    Olá bru… tenho uma peludinha que se chama Marie ela é uma shih tzu e tbm tem esse hábito de ficar lambendo a patinha sem parar. Nunca imaginei que pudesse ser ansiedade pq ela é uma cachorrinha mto tranquila. Não criei o costume de passear c ela todos os dias. De vez enquando q tenho tempo q passeio com ela. Depois dessa dica vou me organizar para passear mais com ela e observar se isso passa.
    Obrigada pelo post.
    Bjoss

  5. Maria Celeste

    A minha Felícia,uma Maltes de 6 meses,fica horas correndo atraz do rabinho dela.Será que ela esta com ansiedade?

    Grata
    Celeste

  6. Tatiane

    A minha também e poodle e lambe muito a pata, chega a criar casquinhas de tanto que ela lambe!! Às vezes olho e não tem nada, mas começa a machucar dps de um tempo, de tanto ela lamber.

  7. Lívia Leite

    Meu cachorro tem mania de encaixar os dentes nas nossas pernas, e fica ali por horas se deixarmos. Enquanto faz isso, a respiração dele fica bem forte. Mas ele faz atividades, recebe bastante atenção. Pode ser uma espécie de compulsão também?

  8. Juliana

    Oi!!
    Thiago ou Bruna, vcs nao conhecem ng q faça esse trabalho aqui no RJ?

  9. Thais

    Nossa eu tenho duas maltes, e as duas tem esse costume de ficar lambendo a pata ate se machucarem.
    No caso delas, elas estao um pouco obesas, e acreditamos que o fato de diminuir a comida delas possa estar gerando essa mania.
    Tem alguma coisa a ve sera?
    Queria muito fazer alguma coisa para que elas parassem, elas lambem tanto que todas as patas ja estao ficando marrom avermelhado.

    Obrigada. beijos

  10. Natan

    Oi bru, pode soar meio estranho , mas, acho que sou o unico garoto que acessa ao seu blog, adorei ler sobre suas viagens, te acho muito bonita, e os lugares que você visita são lindos, espero ter a oportunidade de ir ao deserto do Atacama, continue com o blog, adoro ler tuas postagens, beijos.

  11. Maiariane

    Oi Bru!!! A minha peludinha tem mania de lamber o universo inteiro quando está com sono, nisso incluso o sofá, a cama, o travesseiro, os brinquedos e até a mim! Eu normalmente digo “não!”, o que a faz parar temporariamente. Ela é tão safada que tem a capacidade e lamber e depois olhar pra minha cara esperando uma resposta e quando eu digo o famoso “não”, ela resmunga, lambe meu rosto e dorme. Sempre que volto para casa (estudo em SP mas sou de São José dos campos) eu brinco muito com ela, passeio e dou o máximo de atenção possível! Ela fica comigo o tempo inteiro! Minha mãe cuida muito bem dela também mas ela começou a ter esse comportamento depois que eu fui morar fora…. será que tem relação? Eu honestamente não sei como corrigi-la. E além disso, depois que eu fui morar fora ela parou de comer sozinha. Só se alimenta quando alguém está junto, passa o dia com fome se não tiver ninguém em casa… você tem dica para isso? ela ainda ficará algum tempinho com a minha mãe até eu poder levá-la para SP e esse comportamento realmente me preocupa. Ok, última coisinha 🙂 A Dolce, é a yorkie mais medrosa que eu conheço. Na verdade ela é bem valente em casa mas em uma determinada situação, não. Ela é muito pequena, é micro e tem 1 ano e 10 meses. É super espoleta mas quando passeamos e alguém tenta chegar perto dela ela faz xixi e sai correndo, normalmente pede colo tremendo. Quando ela vê outro cão na rua, ela late que nem louca, então eu digo que está tudo bem, ela pára e quando o outro cão chega perto dela novamente ela começa a tremer de medo e pede colo, especialmente se ele é muuuito maior do que ela e avança. O que eu tenho feito é, sempre a pego, digo que está tudo bem e me aproximo da pessoa ou do outro cão e a deixo ter contato com eles. Ela ainda não curte a idéia de se relacionar com pessoas estranhas, especialmente crianças mas parou de fazer xixi em todos que tentam acariciá-la e ontem passamos na frente da casa de uma vizinha que também tem uma yorkie e a Nina veio dizer oi… A Nina é filhote, ainda gosta de avançar pra todo mundo mas é fogo de palha porque ela é super sociável e adora a Dolce, nisso a Dolce lambeu o nariz da Nina e saiu pulando que nem um coelho… hahaha um grande passo para a minha pequena peluda! Chegaremos lá ^^

    • Therezinha

      Oi mariane, a minha cadelina flycka é identica a tua york, quando esamos perto de muito gente, ela se apavora e pede colo, respiração ofegante, ansiosa, e agora resolveu correr de um lado para o outro, não para, tem o costume de se lamber muito. Estou preocupada, porque desde ontem ela está mais agitada do que o normal,acho que terei que levá-la ao veterinário.

      TherezinhaMar

  12. Cristiane

    Nossa, meu cachorro é assim mesmo, só que ele corre atrás do rabo sempre que algo que o contrarie acontece, ele se lambe muito e está sempre estressado, mesmo quando voltamos do passeio, ele se recusa a receber carinho por mais de 1 minuto quando estamos dentro de casa, no carro ou na casa de familiares, ele só deixa receber carinho quando estamos em lugares externos.

  13. viviane sao martinho

    Minha pug fica rodando em circulo apos beijos na cabeca ou se tocarmos nas patas traseiras, a vet ja examinou as patas e nao encontraram nada como dores, dermatites ,etc…justificaram como comportamental,porem ela nao aceita nem que pegue no colo ,fica agitada,e quando colocamos ela no chao ela gira, e gira rosnando… nao sei mais o que fazer…peco orientacoes e ajuda

  14. Jussara Santos

    Teve uma época que meu cãozinho só ficava lambendo a patinha. Eu acordava a noite e só ficava escultando ele lambendo . Agora sei que ele faz isso quando não tenho tempo pra ele. Acho que usa como uma forma de chamar a atenção mostrando a sua carência. Fiquemos atentos aos sinais que nossos bichinhos nos dão.

  15. Ana Luiza

    Oi Bru !
    O meu cachorro não pára de lamber a pata ! Eu passeio e corro com ele todos os dias no parque , e pratico exercícios de salto de obstáculo com ele , mas ele faz ferida na pata ( morde ) e depois lambe sem parar ! Mas de vez em quando ele lambe sem parar uma pata que não tem ferida nenhuma !
    O que eu faço ??

  16. Isabelle

    Tenho uma Border Collie de 8 meses, e o lugar dela em casa tem muita sombra,e fica de frente ao portão de casa. Sempre que passa um carro ou moto ela fica doida pulando na parede,latindo e até mordendo a parede.E quando a luz bate e escurece ela fica ainda pior! Saio com ela toda noite e sempre que ela percebe sombras na rua ela fica prestando atenção ou tentando pegar a sombra. Não sei o que eu faço para isso melhorar,até quando vamos no campo de noite ela fica assim,mesmo brincando e correndo o dia todo. Por favor me ajude,e principalmente ajude ela!

• Assuntos Relacionados •