Trabalhar com Artes

20 fevereiro, 2012

Muitas pessoas gostariam de se lançar no mundo das artes e ainda se sentem um pouco perdidas em relação a que estudos deveriam seguir e para qual carreira. Embora ainda bem recentes, algumas formações acadêmicas no campo das artes começam a ganhar notoriedade em São Paulo.

Como já é do conhecimento de todos, o cenário artístico é principalmente composto por artista, curador, marchand e crítico. Mas na maioria dos casos, o seu papel se mistura a  outra categoria das citadas acima deixando a linha entre um e outro bem tênue. Hoje em dia vemos sobretudo o marchand que também é curador, ou o artista que é também crítico. Sendo a mais recorrente delas crítico e curador simultaneamente.

Em São Paulo, fora estudos de artes plásticas nas universidades publicas e particulares, com destaque para o curso de artes plásticas da FAAP e da USP, não existem muitas opções para quem quer seguir essas carreiras.

A PUC-SP lançou no ano passado um curso bem interessante ao qual foi aplicado o nome: Arte: História, Crítica e Curadoria. Excelente iniciativa para estudos de graduação na área que mesmo assim ainda carece enormemente de entidades que propõem essa formação. A instituição reforça que a idéia é implantar na universidade brasileira um curso pioneiro que integra e dialoga o debate crítico ao histórico e ao curatorial para o campo das artes, como ações interdependentes e complementares. Dessa forma essa é uma das melhores opções para quem quer seguir a carreira de curador, crítico ou trabalhar no mercado de arte.

A FAAP também lançou recentemente um curso integrado de Produção Cultural. O curso se propõe a ampliar as formas de atuação do profissional – de forma independente, ou vinculado a instituições e empresas, para desenvolver ações e projetos em segmentos da área. Também englobando temas como literatura, preservação do patrimônio e sociologia da cultura, o curso parece bem consistente, mas ele não garante um diploma de graduação.

Se o interesse é curadoria para arte contemporânea a melhor opção é o curso Programa de Formação para Artistas e Curadores da Escola São Paulo. Dirigido pelo curador Adriano Pedrosa (curador da Bienal de Istambul de 2011 e da 27 Bienal de São Paulo) o curso dura um ano, com aulas duas vezes por semana. Dezesseis interessados são escolhidos pela comissão composta por Ana Paula Cohen, Carla Zaccagnini, Luisa Duarte, Marcos Moraes e Rodrigo Moura, todos eles figuras de extrema importância no circuito da arte internacional.

A Casa do Saber oferece cursos livres com menor carga horária e temas mais específicos. Vale checar a programação pois a maioria deles conta com palestrantes renomados do meio, mesmo que os preços sejam um pouco salgados. Em breve Agnaldo Farias ministrará o curso Arte Contemporânea: Obras Fundamentais e Denise Gardelha Arte Contemporânea em Dialogo.

por J.P Siqueira Lopes

PUC-SP

Rua Marquês de Paranaguá, 111 – Consolação

São Paulo

(0xx)11 3124-7200

 

FAAP

Rua Alagoas, 903 – Higienópolis

São Paulo

(0xx)11 3662-7000

 

Escola São Paulo

Rua Augusta, 2239

São Paulo

 

Casa do Saber

Rua Dr Mario Ferraz 414

São Paulo

 

Tags: , , , ,
G.Plus Facebook

• Faça um Comentario no Facebook deste assunto •

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

4 Comentário:Trabalhar com Artes

  1. Lalá Ferraz

    Adorei JP! To exatamente nessa situação: terminando Direito e não vendo a hora de poder começar Artes, mas precisando sériamente de uma noção melhor da área e das possibilidades, principalmente como eu poderia aproveitar as duas carreiras… Ótimo texto, muito informativo! beijos

  2. Joao Paulo Siqueira Lopes

    Obrigado Lala! Qualquer dúvida estou aqui! Espero que tenha te ajudado.

    Bjs

  3. Marcela JB

    Adorei!!!

    Exatamente o que procuro saber há tempos!!! Muito bem escrito e informativo! Assunto super atual.

    Você estudou artes?

    Obrigada1

    Bjs,
    Marcela

• Assuntos Relacionados •