O que é zoonose?

A maioria das doenças infecciosas de felinos acomete apenas felinos e a maioria das doenças infecciosas de humanos acomete apenas humanos. As zoonoses são doenças que são transmitidas dos felinos para os humanos. A possibilidade de você contrair doenças de outras pessoas é maior que do seu gato. O risco de zoonose diminui com precauções simples como higiene, limpeza da caixa de areia e prevenção de pulgas e outros parasitas

Como as zoonoses são transmitidas?

A transmissão de uma zoonose ocorre quando a pessoa apresenta contato direto com secreções ou excreções (como saliva ou fezes) de um gato infectado. Também ocorre com o contato com água ou alimento contaminado por um gato infectado. Muitas zoonoses podem ser transmitidas por pulgas e carrapatos para uma pessoa ou gato de outro animal.

Quem está sob risco de infecção?

A maioria das zoonoses apresenta risco mínimo, embora algumas pessoas sejam mais predispostas às infecções. Aquelas que apresentam um sistema imunológico imaturo ou deficiente como crianças e idosos, indivíduos portadores de HIV (vírus causador da AIDS) ou que estejam passando por quimioterapia, tem chance maior de ter uma zoonose.

Quais são as zoonoses mais comuns?

Infecções bacterianas

A doença da arranhadura do gato, também chamada de Bartonelose, é a zoonose mais comum relacionada ao gato. Pode ocorrer quando a pessoa é mordida ou arranhada por um gato infectado. Pulgas podem estar envolvidas na transmissão da doença. Pessoas com a doença da arranhadura do gato podem ter aumento de linfonodos (principalmente na região de cabeça e pescoço), febre, dores de cabeça, dores musculares e articulares e diminuição de apetite. Os gatos infectados são aparentemente saudáveis e antibióticos não são confiáveis para curar a infecção, por isso, não são indicados. Evitar mordidas e arranhões (por exemplo, não permitir que crianças brinquem com gatos de forma rude), controlar pulgas e manter os gatos dentro de casa reduz o risco da doença da arranhadura do gato.

Salmonelose, outra doença bacteriana comum, pode causar febre, diarreia e dor gástrica de 1 a 3 dias após a infecção. A infecção pode passar sozinha, mas algumas pessoas precisam ser hospitalizadas quando a diarreia é muito intensa ou quando a infecção passa para outros órgãos. A infecção ocorre com a ingestão de alimento contaminado, como frango e ovos mal cozidos. Felinos e outros animais, mesmo os que aparentam estar saudáveis, podem transmitir Salmonela pelas fezes. Gatos que se alimentam de carne crua ou aves e animais silvestres tem mais chance de carrear Salmonella. A infecção dos gatos pode ser evitada mantendo-os dentro de casa e oferecendo apenas alimento cozido ou ração industrializada. Já a infecção humana pode ser prevenida usando luvas no momento da limpeza da caixa de areia (principalmente de gatos com diarreia) e lavando as mãos logo após a limpeza.

Infecções parasitárias

Parasitas internos, conhecidos como vermes intestinais (como Toxocara sp e Ancylostoma sp), podem ser transmitidos pelos gatos. Crianças apresentam maior predisposição pelo contato direto com o solo contaminado. Larva migrans visceral é uma doença grave que pode afetar os olhos e outros órgãos e ocorre com a ingestão de ovos de Toxocara sp. Larva migrans cutânea, mais conhecida como “bicho geográfico”, é causada pelo contato da pele com o Ancylostoma sp no solo. Higiene adequada como lavar as mãos antes das refeições, limpeza do solo, reduzir a exposição de crianças às fezes dos gatos (cobrindo os tanques de areia em parques infantis quando não estão sendo usados) podem prevenir a infecção. Tratamento anti-parasitário dos felinos pode reduzir a contaminação ambiental e o risco de infecção humana.

As pulgas são os parasitas externos mais comuns dos gatos. Elas não sobrevivem nos humanos, mas suas picadas causam coceira e inflamação. As pulgas também são vetores da doença da arranhadura do gato e de outras zoonoses. Gatos infectados por pulgas podem ter vermes pela ingestão destas quando o gato esta se limpando, se lambendo. Crianças, raramente, também podem ter vermes se ingerirem pulgas.

Infecções fúngicas

Dermatofitose é uma infecção de pele causada por fungos. Gatos infectados comumente são oriundos de locais com uma concentração alta de gatos. Nos gatos, a lesão de pele pode ser seca, arredondada, sem pelos, acinzentada e descamativa. Nos humanos, observamos uma lesão avermelhada, arredondada que apresenta bastante coceira. As crianças tem maior predisposição. É transmitido pelo contato direto com animais contaminados ou com fômites (objetos contaminados pelos fungos). Esporos fúngicos podem sobreviver no ambiente por meses e são de difícil erradicação.

Infecções por protozoários

Protozoários são organismos unicelulares. As três infecções mais comuns em humanos e gatos são Criptosporidiose, Giardiose e Toxoplasmose. Criptosporidiose e giardiose podem causar diarreia em humanos e gatos. Estes podem se infectar da mesma fonte, como por exemplo, água contaminada. Aconselha-se fazer exames de fezes anuais dos gatos. As medidas preventivas são usar luvar ao limpar a caixa de areia, lavar as mãos após a limpeza, beber apenas água filtrada ou fervida.

Toxoplasmose é causada pelo protozoário Toxoplasma gondii. Pessoas com sistema imunológico deficiente e crianças que suas mães foram infectadas durante a gravidez, podem apresentar doença grave. Pessoas são comumente infectadas comendo carne mal cozida ou crua e vegetais mal lavados e mal cozidos de solos contaminados. Infelizmente, mulheres grávidas e indivíduos imunossuprimidos são, na maioria das vezes, advertidos e aconselhados por profissionais da saúde a retirar seus gatos de casa para reduzir a chance de infecção, mas é improvável que pessoas sejam infectadas pelo contato direto com seus gatos. Gatos podem adquirir o parasita comendo roedores infectados, aves, ou qualquer alimento contaminado com fezes de um gato infectado. Um gato infectado pode eliminar o parasita nas fezes por até 2 semanas. O parasita necessita de 1 a 5 dias para se tornar infectante. Ele pode persistir no ambiente por muitos meses e se manter infectante no solo, água, jardins, caixas de areia, ou qualquer local que o gato defeque. Higiene básica pode prevenir toxoplasmose. Usar luvas enquanto manipula material potencialmente contaminado (jardinagem, manipulação de carne crua) e lavar as mãos após tais tarefas. Evite comer carnes mal passadas e lave bem verduras e frutas antes de comer. A água deve ser fervida ou filtrada antes de ser bebida e tanques de areia de crianças devem ser cobertos enquanto não são usados para evitar que gatos de rua defequem no local. Mulheres grávidas e pessoas imunossuprimidas estão a salvo quando outros membros da família limpam a liteira

Infecções virais

A maioria dos vírus infecta apenas seu hospedeiro natural. Viroses humanas, como estas que causam gripe, infectam apenas humanos, enquanto o vírus da imunodeficiência felina (FIV), vírus da peritonite infecciosa felina (PIF) e vírus da leucemia felina (FELV) infectam apenas gatos. Embora, um vírus que pode ser transmitido de um gato a um humano é o da raiva, doença viral resultante de uma mordida de um animal infectado. Gatos são muito suscetíveis a raiva, ocorre alteração de sistema nervoso central, causando vários sinais neurológicos. Raiva é quase sempre fatal. Em pessoas, a infecção pelo vírus da raiva ocorre, comumente, com a mordida de um animal. Para proteger a vida humana, a vacinação anti rábica é exigida por lei. Mesmo que o seu gato seja mantido dentro de casa, é importante manter a vacina atualizada, pois gatos podem escapar de casa, além de morcegos conseguirem entrar por frestas e janelas. Para reduzir o risco de raiva, evite o contato com animais silvestres. Vá ao médico imediatamente se for mordido por um animal.

O que pode ser feito para se proteger das zoonoses e proteger seu gato:

  • lavar as mãos antes de comer e após manipular um gato
  • agende avaliação com um Médico Veterinário anualmente e faça exames de fezes de seu gato
  • procure cuidados veterinários para gatos doentes
  • mantenha a vacina contra raiva atualizada
  • faça medicação para prevenção de pulgas e carrapatos mensalmente
  • evite deixar seu gato lamber seu rosto, alimentos ou pratos
  • mantenha os gatos dentro de casa
  • procure um médico se um gato te morder
  • alimente os gatos com alimento cozido ou industrializado
  • limpe a caixa de areia diariamente
  • limpe periodicamente a caixa de areia com água fervente e detergente
  • use luvas quando estiver praticando jardinagem ou manipulando carne crua. Lave as mãos após estas atividades.
  • cubra os tanques de areia de crianças quando não estiverem usando
  • lave frutas e legumes antes de comer
  • filtre ou ferva água antes de beber
  • não coma carne crua

por Dr. Laurence Von Galen

gatos

Tags: , , ,
G.Plus Facebook

• Faça um Comentario no Facebook deste assunto •

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

35 Comentário:Zoonoses – O que posso pegar do meu gato?

  1. Denise

    Lembrando que não são só gatos que transmitem doenças. Cachorros tb …tanto que no centro de zoonoses há gatos e cachorros. Td bem que a intenção do texto era mais direcionada a gatos, mas deveria explicitar que eles não são os unicos transmissores.

    Esse tipo de informação incompleta é o que gera muito preconceito e muitas histórias incorretas sobre os gatos.

  2. maeli

    esses tipos de doenças são graves devemos tomar cuidado com os animais que agente convive

    • ricardo

      é verdade Maeli devemos tomar cuidado com esse animais

  3. Priscila

    Humanos transmitem muuuuito mais doenças… Devemos tomar cuidado com eles…

    • viviane

      Parabéns Priscila. Concordo totalmente com vc.
      Grande abraço

    • claudia de souza

      Ó Priscila, estou de acordo com você cem por cento. Os humanos são transmissores de doenças, e devemos ter muito cuidado com eles … Valeu, aí vai o meu abraço.

  4. Lethicia

    onde posso curtir o comentario da Priscila, achei sensacional!
    Vim até esse site pq minha sogra disse q o sobrinho dela q ficou 1 semana hospedado aqui em casa tinha pego infecção por causa dos pelos do meu gato, o que achei estranho, mas fiquei quieta. Logo depois de ler a materia consegui falar com esse sobrinho dela, e ele disse que era mentira. fiquei super aliviada, até pq meus gatinhos são vacinados e muito bem cuidados….

  5. Barbara

    Concordo com a Priscila, humanos transmitem muito mais doenças, mas não falam nisso né, pra mim isso se chama preconceito!!

  6. Barbara

    Concordo com a Priscila, humanos transmitem muito mais doenças, mas não falam nisso né, pra mim isso se chama preconceito!!
    é por causa de informações mal explicadas que tem muita gente por aí falando o que não deve, e a toxoplasmose que é transmitida também pela carne do porco mal passada, cadê o comentário??

  7. Paulo

    Me tirem uma dúvida, minha mãe e irmã, possuem 22 gatos, eles ficam o dia inteiro dentro de casa, esparramados no sofá, cama, cadeiras, em todo lugar, e a noite tbm, de uns tempos para cá, comecei a ter várias coceiras perto dos órgãos genitais, minha dúvida é, será que a presença deles tem algo a ver com isso, por mais que eu limpe antes de sentar em qualquer comodo, sempre fico com coceira

    • Help

      Deve tá é com DST.

    • Daneel

      Se fosse algo dos gatos, você estaria sentindo essa coceira pelo corpo todo, ou pelo menos pelas partes que têm contato com os pêlos dos bichanos. Isso aí de coceira na genital é outra coisa, pode até ser uma micose ou uma DST mesmo. Procura um alergista ou um urologista.

    • Osmar Meireles

      Normalmente o que ocorre é a pessoa estar propensa a algum tipo de reação alérgica, em função de o seu sistema imunológico estar com alguma alteração. Qualquer contato com gato ou cachorro poderá desencadear a resposta. Mesmo que o bichinho esteja limpo, vermifugado, e em perfeitas condições de saúde, acarretará este tipo de problema em alguma pessoa mais susceptível. Há que se levar em conta também o fato de o agente que dispara a reação se formar no pelo quando o animal se lambe.

    • Osmar Meireles

      Paulo, a estas alturas você certamente ja resolveu o problema. Entretanto vale a pena alertar para a possibilidade de um ou mais dos gatos estar com um tipo de sarna comum nos felinos e, ao menor contato, cerca de uns dez a vinte minutos começa a coceira nas partes do contato e depois ela aloja nas virilhas e bolsa escrotal. Melhor é consultar um dermatologista para esclarecer.

  8. socorro

    os animas não tem culpa de nada, o que gera tudo isso e a falta de bom senso, se você quer ter um animal, beleza, mas a cima de tudo você e responsável por ele, você tem que saber tudo sobre esse animal , manter vacinas em dia, veterinário, alimento, carinho, limpeza, animal dá trabalho, animal não é para preencher o seu ego animal e para ser amado e cuidado,animal tem que ter o seu espaço se você cuidar desse animal, se você souber tudo sobre ele,não ha necessidade de se preocupar , animas transmitem doenças sim, quando não tem donos responsáveis, PAULO, EU IMAGINO UMA CASA CHEIA DE GATOS ,EU ACHO QUE VOCÊ TEM QUE PROCURAR UM DERMATOLOGISTA URGENTE
    GENTE SE QUEREMOS TER ANIMAL VAMOS CUIDA

  9. janir

    As informações foram bastante pertinentes ao assunto que gostaria de saber: doenças transmitidas pelo gato.

  10. Rose

    Oi ! Tenho dois lindos gatinhos , uma fêmea e um macho eu os amo ,eles ficam sempre muito próximo tanto de mim quanto da minha família ,meu menininho adora banho ate dorme na água mas a minha menininha odeia banho me arranha toda quando vou dar banho nela. Vivo abraçando beijando e grudando meus filhos e nunca tive nada eles ja fazem parte da minha vida!!!!

    • Kiko almeida

      Pra mim gente q trata BICHO de meu filhinho e minha menina, deve estar doente… Grave. E nao é capaz de perceeber. Que NOJO…

    • Osmar Meireles

      Rose, experimente aquecer a agua para o banho da gatinha e não a mergulhe na banheira. Vá aos poucos despejando água em seu corpo e logo ela se acostumará.

  11. vivisne

    tenho uma duvida
    uma pessoa convivendo num ambiente onde existem alguns gatos com felv.
    se ela for para outro ambiente(distante)onde estarão gatos saudaveis,existe a possibillidade de algum contagio para com os saudaveis?

  12. Gustavo A S Gomes

    É verdade que é preciso ter os cuidados necessários com a higiene e os animais, que o são, como nós. Alguns comentários parecem demonstrar um elevado grau de especismo por outros seres vivos. E por isto, muitos são maltratados, abandonados pelas ruas à própria sorte para sofrerem todo tipo de atrocidades como apedrejamentos, pauladas, envenenamento, atropelamentos, entre outros.
    É fato que somos os maiores transmissores de doenças do planeta; que vão desde o simples resfriado, até as mais perigosas DSTs. Entretanto, está na ingestão de carnes cruas ou mal cozidas, e ainda na ingestão de frutas, verduras e legumes mal lavados, o maior índice de transmissão do protozoário Toxoplasma Gondii, segundo dados mais recentes de pesquisas médico-científicas, sendo a cidade de Erechim RS, o lugar com a população mais infectada do planeta, seguido de Portugal, devido à ingestão de grande quantidade de carnes cruas ou mal cozidas e outros.
    Como teorias científicas constantemente são atualizadas por novos conhecimentos, sabe-se que apenas 1% dos gatos poderá transmitir a doença durante apenas 15 dias da sua vida, sendo necessárias algumas outras coincidências para que isto ocorra.

  13. Edvaldo Farias

    Bastante esclarecedor! Lança luzes sobre a ignorância e ajuda os ignorantes ,que querem,a diminuírem os seus preconceitos.Embora alguns não tenham jeito mesmo,pelo menos nessa vida.

  14. beatriz

    Olá.
    Gostaria muito de ter gatos.Já tive,mas depois que soube que eles
    podem transmitir doenças como a toxoplasmose,fiquei preocupada.
    Na adolescência sempre tivemos gatos,e até dormiam no pé da minha cama. Não sabia dessas doenças transmitidas por eles.
    Tenho algumas amigas e conheço pessoas que tem toxoplasmose.
    e tem que tomar remédios sempre. Uma das amigas atingiu a visão. outra amiga tem,e foi descoberto na gravides,mas não aconteceu nada,pois disse o médico que o vírus estava latente,não tinha se manifestado.,outra atingiu o intestino..e uma vizinha o cérebro,e
    hoje ficou uma pessoa totalmente. dependente.Teve que fazer cirurgia do cérebro,e nunca melhorou sendo que antes antes era uma pessoa ativa,professora,e não possuía gatos.
    No meu pátio sempre aparece gatos dos vizinhos e vão defecar na grama e na terra.Já coloquei pedra em quase todo o pátio e não resolve,eles continua,Tenho até medo de mexer no jardim.
    Gostaria de saber se existem vacinas para aplicar nos gatos para não se contaminar com a toxoplasmose ou outros vírus,pois é difícil prender os gatos sempre dentro de casa;
    Obrigada

  15. Cacilda

    gostei do texto , bem explicadinho.
    lavar a mão quando chega da rua, lavar a mão quando brinca com o gato ou cachorro,, ter as vacinas em dia, e não deixar o gato solto para não pegar doenças, felino é um caçador e pode matar um rato,pombo, etc e pegar doença.
    lugar de gato é dentro de casa, brincando com seu brinquedinhos, dormindo, comendo ração, agua limpinha e sua caixinha de areia sempre limpa.
    se fizermos tudo certinho não tem doença, pq como diz o texto ate uma carne mal passada causa doença.
    obrigada pelas informações..pra quem gosta de animais e cuida o texto ajudou muito em relação a doenças transmitidas pelos bichanos e totos..

  16. sirlene

    tenho um canteiro de hortelã e fiz chás pra minhas crianças depois que vi que tinha coco o que faço estou morrendo de medo….

  17. viviane

    Obrigada pelas dicas. As informações são muito importantes. Abraço.

  18. lucinete

    minha netinha de dois anos e meio apareceu com uma lesao na cabeça branca e sem cabelo nolocal os medicos nao comseguem descobrir o que é ela adotou um gatinho faz pouco tempo ele dorme com ela em cima da cabeça dela será que esta doença é do gatinho ? ele nao tem neumha lesao o que faço?

  19. luciano ferreira lima

    gostei da forma com que foi abordado o tema, muito esclarecedor. Parabens.

  20. Amanda schineider

    eu fui mordida por um gato na boca a alguns dias, estou com uma gripe fortissima. queria saber se a gripe tem alguma coisa a ver c.a mordida? e eu tbm nao procurei nenhum pronto socorro, sera q devo me preocupar?

  21. Zilah

    Tenho uma gatinha que é um anjinho. Dorme comigo, é super bem cuidada e aliás para os que morrem de nojo ela adora qdo levo meu copo de água gelada para o quarto a noite é a primeira a tomar . Nunca tive nada, muito ao contrário tinha rinite alérgica a vida toda e desde a chegada do meu bebê não tive mais nada.

  22. Cacau da Costa

    Me enviem notícias… agradeço por tanta informação preciosa.

  23. Cristina Pereira

    Eu sou Cristina Pereira, que contraiu o HIV em 2009 foi-me dito pelo meu médico que não há possível cura para o HIV. Comecei a tomar os meus ARVs, Meu CD4 é 77. Eu vi um site do Dr. Boadi também eu vi um monte de depoimentos sobre ele sobre como ele usa a medicina de ervas para curar o HIV. i em contato com ele e disse-lhe meus problemas, ele me enviou a medicina herbal e eu peguei por 7 dias após, em seguida, eu fui para um check-up e eu era negativo. o medicamento não tem efeito colateral, não há nenhuma dieta especial quando se toma o medicamento visitar sua visita seu site: http://www.drboadiherbalcentre.webs.com

  24. claudia de souza

    Já preenchi, sumiu?

    • Fernando

      porque donos de gatos e cachorros pensam que qualquer coisa que falarem principalmente o risco REAL de ter uma complicação decorrete do contato ficam doidos de raiva? Claro que humanos transmitem doenças, até o vento tambem transmite carregando bastérias, será que voces donos amalucados por animais pensam ingenuamente que os animais que moram com voces está acima de qualquer coisa? Cresçam e os encare como animais, e nao como seres divinos e sagrados. Com tanta informação importante sobre os riscos e principalmente sobre a prevenção voces desvirtuam o proposito da materia? nao se trata de criar polemica sobre quem mais transmite doenças, e sim que esses animais TAMBÉM transmitem doenças se nao tomarem os devidos cuidados! E acredito que essa matéria seria mais util a essas pessoas que ficam bravinhas por acharem isso um absurdo, porque esa materia sao justamente para voces que creem que seus animais sao seres sagrados livres de qualquer enfermidade, acordem, e nao ignorem informações cientificas, nao sou eu quem fala isso, e sim a comunidade cientifica que disponibiliza os dados realizado mediantes pesquisas. E antes de mais nada, tambem possuo um pet em casa, e ela recebe muito amor e carinho, mas nao tapem os olhos por pura estupidez.

  25. ademar gabriel

    sou fã destes bichinhos,quando eles são bem cuidados, são tudo de bom,eles tem o dom de nos transmitir toda segurança e tranquilidade que dedicamos a eles,são terapia especial a quem abre um cantinho para estes amigos,e procura entendelos

• Assuntos Relacionados •